Publicidade

Diário Liberdade
Quinta, 24 Mai 2018 16:08 Última modificação em Domingo, 27 Mai 2018 21:50

O assassino Luis Posada Carriles, que enlutou Cuba, morreu impune

Avalie este item
(1 Voto)
País: Cuba / Direitos nacionais e imperialismo / Fonte: Granma

[Yailin Orta Rivera] O assassino Luis Posada Carriles morreu. Os eventos do acidente do avião, ocorrido na passada sexta-feira, 18 de maio, reviveram a dor infinita que acompanhou Cuba em 1976, com a diferença de que aquele fato, que cortou a vida de 73 inocentes, respondeu ao desempenho sórdido desse terrorista financiado pela CIA. Morreu impune, abrigado pelos Estados Unidos, enquanto Cuba, liderada por homens de bem, soube defender seu projeto de justiça social e solidária, apesar de ser ameaçada por espíritos tão terríveis.

A história do terrorismo contra Cuba não faz parte de um passado, mas sim de continuidade que se estende de múltiplas formas até os dias atuais. Os principais executores desta barbárie andaram livremente pelas ruas do país que encorajou suas ações e perdoou seus crimes.

Luis Posada Carriles é um símbolo dessa política sombria, que faz parte de um esquema concreto, caracterizado pela hostilidade e o mal. O Comandante-em-chefe Fidel Castro catalogou este homem, junto com Orlando Bosch como «os expoentes mais sanguinários do terrorismo imperialista contra nosso povo...».

Este ‘operário do terror’, pago pelos serviços secretos norte-americanos, que levou sem nenhum remorso sobre seus ombros, o peso da morte de milhares de pessoas, foi protegido e louvado até os últimos dias pelos Estados Unidos.

Cuba, marcada por cicatrizes e dilaceramentos, como os provocados por estes covardes, continuará construindo seu futuro.

Diário Liberdade é um projeto sem fins lucrativos, mas cuja atividade gera uns gastos fixos importantes em hosting, domínios, manutençom e programaçom. Com a tua ajuda, poderemos manter o projeto livre e fazê-lo crescer em conteúdos e funcionalidades.

Doaçom de valor livre:

Microdoaçom de 3 euro:

Adicionar comentário

Diário Liberdade defende a discussom política livre, aberta e fraterna entre as pessoas e as correntes que fam parte da esquerda revolucionária. Porém, nestas páginas nom tenhem cabimento o ataque às entidades ou às pessoas nem o insulto como alegados argumentos. Os comentários serám geridos e, no seu caso, eliminados, consoante esses critérios.
Aviso sobre Dados Pessoais: De conformidade com o estabelecido na Lei Orgánica 15/1999 de Proteçom de Dados de Caráter Pessoal, enviando o teu email estás conforme com a inclusom dos teus dados num arquivo da titularidade da AC Diário Liberdade. O fim desse arquivo é possibilitar a adequada gestom dos comentários. Possues os direitos de acesso, cancelamento, retificaçom e oposiçom desses dados, e podes exercé-los escrevendo para diarioliberdade@gmail.com, indicando no assunto do email "LOPD - Comentários".

Código de segurança
Atualizar

Quem somos | Info legal | Publicidade | Copyleft © 2010 Diário Liberdade.

Contacto: info [arroba] diarioliberdade.org | Telf: (+34) 717714759

Desenhado por Ritech

O Diário Liberdade utiliza cookies para o melhor funcionamento do portal.

O uso deste site implica a aceitaçom do uso das ditas cookies. Podes obter mais informaçom aqui

Aceitar