Publicidade

Diário Liberdade
Quarta, 20 Junho 2018 08:13 Última modificação em Quarta, 27 Junho 2018 23:01

Maduro ratifica o Poder Popular como prioridade na Venezuela

Avalie este item
(1 Voto)
País: Venezuela / Reportagens / Fonte: Prensa Latina

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, ratificou hoje o Poder Popular como uma das peças fundamentais na implementação do Programa Econômico de Crescimento e Prosperidade nacional.

✍️ Inscreva-se em nosso canal no Youtube e acompanhe o programa Conexão Caracas, todos os sábados às 18h (de Brasília) direto da Venezuela 

Através de sua conta oficial no Twitter, o governante afirmou que 'O programa é o mais completo em tempos de revolução', e enfatizou que 'o Poder Popular terá um papel fundamental na construção de nossa Venezuela amada'.

Manifestou que o esquema de desenvolvimento abrange todos os setores e foi elaborado pelo Governo com base nas propostas apresentadas por mais de 60 especialistas econômicos de países como China, Rússia, Estados Unidos, Argentina, Equador, Brasil, México e Espanha, que visitaram Venezuela na semana passada.

O chefe de Estado destacou que o Poder Popular tem a missão de ativar as forças produtivas, e os exortou a estar na primeira linha de ação das tarefas para o crescimento, o desenvolvimento e a projeção da Venezuela futura.

Maduro também anunciou que o Plano Chamba Juvenil será incluído nesta quarta-feira dentro do sistema de Missões e Grandes Missões.

'Há um ano lancei o Plano Chamba Juvenil para expandir as oportunidades trabalhistas e produtivas deste importante setor. Hoje vou converter este plano na Missão Chamba Juvenil para que se somem ao Sistema de Missões e Grandes Missões. Creio em vocês jovens da pátria', escreveu o chefe de Estado no Twitter.

Neste dia 20 de junho cumpre-se um ano de criação do projeto revolucionário desenvolvido pelo presidente Maduro, para incluir e visibilizar os jovens e atender suas necessidades trabalhistas.

O Programa Chamba Juvenil buscará consolidar-se como 'uma missão para o estudo, para o trabalho, para a produtividade', que se encarregará de 'estender a mão ao jovem do bairro, que está a pé, para buscá-lo e lhe abrir as portas da participação', expressou o chefe de Estado no dia 14 de junho.

Diário Liberdade é um projeto sem fins lucrativos, mas cuja atividade gera uns gastos fixos importantes em hosting, domínios, manutençom e programaçom. Com a tua ajuda, poderemos manter o projeto livre e fazê-lo crescer em conteúdos e funcionalidades.

Doaçom de valor livre:

Microdoaçom de 3 euro:

Adicionar comentário

Diário Liberdade defende a discussom política livre, aberta e fraterna entre as pessoas e as correntes que fam parte da esquerda revolucionária. Porém, nestas páginas nom tenhem cabimento o ataque às entidades ou às pessoas nem o insulto como alegados argumentos. Os comentários serám geridos e, no seu caso, eliminados, consoante esses critérios.
Aviso sobre Dados Pessoais: De conformidade com o estabelecido na Lei Orgánica 15/1999 de Proteçom de Dados de Caráter Pessoal, enviando o teu email estás conforme com a inclusom dos teus dados num arquivo da titularidade da AC Diário Liberdade. O fim desse arquivo é possibilitar a adequada gestom dos comentários. Possues os direitos de acesso, cancelamento, retificaçom e oposiçom desses dados, e podes exercé-los escrevendo para diarioliberdade@gmail.com, indicando no assunto do email "LOPD - Comentários".

Código de segurança
Atualizar

Quem somos | Info legal | Publicidade | Copyleft © 2010 Diário Liberdade.

Contacto: info [arroba] diarioliberdade.org | Telf: (+34) 717714759

Desenhado por Ritech

O Diário Liberdade utiliza cookies para o melhor funcionamento do portal.

O uso deste site implica a aceitaçom do uso das ditas cookies. Podes obter mais informaçom aqui

Aceitar