Publicidade

Diário Liberdade
Publicidade
Publicidade
Quarta, 25 Julho 2018 14:28 Última modificação em Domingo, 29 Julho 2018 21:50

Guarda particular é responsável pela morte de brasileira na Nicarágua

Avalie este item
(1 Voto)
País: Nicarágua / Reportagens / Fonte: Vermelho

A estudante de medicina Rayneia Gabrielle da Costa Lima Rocha, de 29 anos, foi morta a tiros na noite desta segunda-feira (23), em Manágua, na Nicarágua. Diferente do que se especula na imprensa hegemônica, ela não participava de manifestações contra ou a favor do governo de Daniel Ortega e, segundo a Policia Nacional do país, que investiga o caso, ela foi morta a tiros por um guarda de vigilância privada.

Gabrielle era médica interna do Hospital Carlos Roberto Huebes da Polícia Nacional e dirigia sozinha seu carro particular na região de Lomas de Monserrat, em Manágua, quando foi atingida pelos disparos. A polícia ainda não encerrou o caso e não informou os motivos do crime, afirma apenas que trata-se de disparos efetuados por um guarda de vigilância privada. 

Imediatamente a estudante foi transferida para o Hospital Militar Alejandro Dávila Bolaños, onde chegou com vida, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. 

De acordo com um amigo da família, Anderson Felipe, ela estava “cumprindo com seu internato no hospital militar” e não era ligada a nenhum grupo político. 

Com base nas informações oficias da investigação e do amigo da família, a nota oficial do Itamaraty não expressa a verdade dos fatos ao dizer que os responsáveis pelo crime são “paramilitares em operações coordenadas pelas equipes de segurança” do governo. 

A Polícia Nacional da Nicarágua, expressou, em nota, pesar pelo falecimento “da médica interna” e reiterou o “compromisso em continuar trabalhando para fortalecer a paz, a segurança das pessoas, famílias e comunidades nicaragüenses”. 

nica

Diário Liberdade é um projeto sem fins lucrativos, mas cuja atividade gera uns gastos fixos importantes em hosting, domínios, manutençom e programaçom. Com a tua ajuda, poderemos manter o projeto livre e fazê-lo crescer em conteúdos e funcionalidades.

Doaçom de valor livre:

Microdoaçom de 3 euro:

Adicionar comentário

Diário Liberdade defende a discussom política livre, aberta e fraterna entre as pessoas e as correntes que fam parte da esquerda revolucionária. Porém, nestas páginas nom tenhem cabimento o ataque às entidades ou às pessoas nem o insulto como alegados argumentos. Os comentários serám geridos e, no seu caso, eliminados, consoante esses critérios.
Aviso sobre Dados Pessoais: De conformidade com o estabelecido na Lei Orgánica 15/1999 de Proteçom de Dados de Caráter Pessoal, enviando o teu email estás conforme com a inclusom dos teus dados num arquivo da titularidade da AC Diário Liberdade. O fim desse arquivo é possibilitar a adequada gestom dos comentários. Possues os direitos de acesso, cancelamento, retificaçom e oposiçom desses dados, e podes exercé-los escrevendo para diarioliberdade@gmail.com, indicando no assunto do email "LOPD - Comentários".

Código de segurança
Atualizar

Publicidade
Publicidade

Quem somos | Info legal | Publicidade | Copyleft © 2010 Diário Liberdade.

Contacto: info [arroba] diarioliberdade.org | Telf: (+34) 717714759

Desenhado por Ritech

O Diário Liberdade utiliza cookies para o melhor funcionamento do portal.

O uso deste site implica a aceitaçom do uso das ditas cookies. Podes obter mais informaçom aqui

Aceitar