Publicidade

Diário Liberdade
Sábado, 11 Agosto 2018 00:44

EUA: Partido CIA-Democrata

[7/3/2018, Patrick Martin, Tradução do Coletivo Vila Vudu] Número extraordinário de ex-agentes (ing. operatives) de inteligência e militares formados pela CIA, pelo Pentágono, pelo Conselho de Segurança Nacional e pelo Departamento de Estado dos EUA disputam a indicação, pelo Partido Democrata dos EUA, como candidatos ao Congresso nas eleições de meio de mandato de 2018. Possíveis invasão e ocupação pelo pessoal militar e da inteligência, contra o poder Legislativo, é evento sem precedentes na história política dos EUA.

Publicado em Mundo

[Eduardo Vasco] A luta pela liberdade de Lula é a única neste momento que aglutina toda a classe trabalhadora, todos os explorados e oprimidos, todas as massas populares do Brasil. É a única luta com o potencial de se transformar em um levante popular. A única fonte de radicalização do movimento operário e camponês.

Publicado em Brasil
Sexta, 03 Agosto 2018 19:48

Liberdade para Lula

Lula está preso a 120 dias. Sua prisão política, passando por cima de todos os direitos democráticos mais elementares do cidadão, abre o caminho para um ataque generalizado contra todo o povo e as organizações populares.

Publicado em Brasil

[Juliano Lopes] Nesta e na semana passada estão acontecendo as convenções partidárias para a escolha de candidatos para as eleições de 2018. O mais incrível é que quase ninguém menciona o fato mais grave desta eleição: a pessoa que tem mais votos no Brasil todo está presa.

Publicado em Brasil

Em nota, os quase 200 acompanhantes internacionais que participaram das eleições realizadas na Venezuela no dia 20 de maio ratificaram a transparência dos resultados e chamaram a defender o direito à autoterminação do povo, que votou de forma majoritária para ratificar o presidente da República, Nicolás Maduro.

Publicado em América Latina

Foi realizada nesse domingo, 20 de maio, mais uma eleição presidencial na Venezuela. O atual presidente, Nicolás Maduro, foi o vencedor, com cerca de 67,7% dos votos (mais de 6,2 milhões de votantes), seguido por Henri Falcón, com 21%, e Javier Bertucci, com 11%. A eleição contou com a participação de 46% do eleitorado. É uma vitória incontestável do governo Maduro, que atesta o desejo dos venezuelanos pela manutenção e ampliação das conquistas sociais obtidas pela Revolução Bolivariana.

Publicado em América Latina
Quinta, 24 Mai 2018 11:59

Maduro ganhou, e agora?

[Guillermo Cieza*, Tradução de María Fernanda Arias Godoy] O povo venezuelano tem realizado alguns fatos que o convertem em um país excepcional. Parece que foi o único caso onde um povo na rua derrotou um golpe de Estado.

Publicado em América Latina

[María Alejandra Díaz*, Tradução de Anisio Pires] A vitória do dia de 20 de maio marca um ponto de inflexão na tentativa de demolição do modelo de justiça social, legado de Hugo Chávez, o Comandante de consciências. Ocorreu uma reação popular de uma elevada dignidade fora de todo cálculo político eleitoral. O povo se subtraiu ao abuso de seu corpo e do seu espírito, negando-se a ser canibalizado. Fracassou a tentativa de quebrar o amor a Chávez. Os pragmáticos foram sacudidos pela resistência do povo em ser manipulado como cobaia. Apesar do ataque da oligarquia comercial, o bloqueio externo e o ódio colombiano, não conseguiram aniquilá-lo, reduzi-lo, calculá-lo, modificar sua natureza rebelde e telúrica. Somos uma anomalia amorosa subversiva!

Publicado em América Latina
Terça, 22 Mai 2018 08:04

Venezuela: a grande lição

Apoiando Maduro, o povo venezuelano segue fiel ao sonho libertador do Niño Arañero [como é apelidado Hugo Chávez, NT]. Não adiantaram de nada os milhões de dólares que gastaram os intervencionistas e as oligarquias latino-americanas em propaganda e midiatização, tentando desacreditar a inteligência natural, a dignidade e a Memória Histórica do povo venezuelano que não se deixa enganar com as artimanhas dos conspiradores.

Publicado em Opiniom Própria

[Katu Arkonada, Tradução do Diário Liberdade] O chavismo voltou a ganhar as eleições na Venezuela. São 22 de 24 eleições celebradas na Venezuela desde o triunfo do Comandante Chávez em 1998, triunfo que inaugurou a mudança de época na América Latina.

Publicado em América Latina
Página 1 de 3

Quem somos | Info legal | Publicidade | Copyleft © 2010 Diário Liberdade.

Contacto: info [arroba] diarioliberdade.org | Telf: (+34) 717714759

Desenhado por Ritech

O Diário Liberdade utiliza cookies para o melhor funcionamento do portal.

O uso deste site implica a aceitaçom do uso das ditas cookies. Podes obter mais informaçom aqui

Aceitar