Publicidade

Diário Liberdade
Quinta, 13 Abril 2017 19:12 Última modificação em Domingo, 30 Abril 2017 09:15

Ventos de Guerra Destaque

Avalie este item
(0 votos)
País: Estados Unidos / Direitos nacionais e imperialismo / Fonte: O Diário

O sistema de poder dos Estados Unidos está a colocar a Humanidade à beira de uma guerra apocalíptica.

A afirmação de Trump de que destruirá Bachar al Assad suscitou alarme mundial.

Ocorre perguntar se a ameaça do presidente norte-americano a Moscovo foi mais uma bravata irresponsável de Trump ou se a sua política de confrontação com a Rússia conta com o apoio do Pentágono e dos poderosos interesses financeiros que o elegeram e dos quais é na realidade instrumento?

O agravamento da crise coincidiu com a visita a Moscovo do secretário de Estado dos EUA.

Não constava da agenda um encontro com Putin. Mas o presidente russo recebeu-o juntamente com o ministro dos Estrangeiros Sergei Lavrov com o qual Rex Tillerson mantivera uma reunião de quatro horas.

São escassas as notícias sobre o que foi dito nesse encontro, mas o secretário de Estado dos EUA matizou a posição assumida na véspera quando afirmara «os que não estão connosco, estão contra nós!». Putin, horas antes, advertiu numa entrevista a um canal de televisão que a Rússia não tolerará um novo bombardeamento da Síria e excluiu qualquer responsabilidade de Bachar al Assad na utilização de gases tóxicos no ataque a um hospital.

Simultaneamente, em Washington, o porta-voz da Casa Branca pediu desculpa da comparação que fizera na véspera entre Hitler e Bachar Al Assad.

Trump tem-se sentido encorajado pelo apoio de milhões de compatriotas e dos grandes media norte-americanos que estão empenhados numa histérica campanha contra Rússia.

O bombardeamento da base aérea síria não mereceu, porem, aprovação unanime. Manifestações de protesto saíram às ruas em Chicago, Boston, Detroit e outras grandes cidades.

O lançamento de misseis contra a Síria, independentemente da responsabilidade de Trump, confirma que os Estados Unidos são hoje uma sociedade traumatizada e decadente, hegemonizada por representantes do grande capital para os quais o dinheiro é um valor supremo, incompatível com os princípios e valores da democracia.

Os Editores de odiario.info

Diário Liberdade é um projeto sem fins lucrativos, mas cuja atividade gera uns gastos fixos importantes em hosting, domínios, manutençom e programaçom. Com a tua ajuda, poderemos manter o projeto livre e fazê-lo crescer em conteúdos e funcionalidades.

Doaçom de valor livre:

Microdoaçom de 3 euro:

Adicionar comentário

Diário Liberdade defende a discussom política livre, aberta e fraterna entre as pessoas e as correntes que fam parte da esquerda revolucionária. Porém, nestas páginas nom tenhem cabimento o ataque às entidades ou às pessoas nem o insulto como alegados argumentos. Os comentários serám geridos e, no seu caso, eliminados, consoante esses critérios.
Aviso sobre Dados Pessoais: De conformidade com o estabelecido na Lei Orgánica 15/1999 de Proteçom de Dados de Caráter Pessoal, enviando o teu email estás conforme com a inclusom dos teus dados num arquivo da titularidade da AC Diário Liberdade. O fim desse arquivo é possibilitar a adequada gestom dos comentários. Possues os direitos de acesso, cancelamento, retificaçom e oposiçom desses dados, e podes exercé-los escrevendo para diarioliberdade@gmail.com, indicando no assunto do email "LOPD - Comentários".

Código de segurança
Atualizar

Quem somos | Info legal | Publicidade | Copyleft © 2010 Diário Liberdade.

Contacto: info [arroba] diarioliberdade.org | Telf: (+34) 717714759

Desenhado por Ritech

O Diário Liberdade utiliza cookies para o melhor funcionamento do portal.

O uso deste site implica a aceitaçom do uso das ditas cookies. Podes obter mais informaçom aqui

Aceitar