Publicidade

Diário Liberdade
Terça, 28 Março 2017 17:46 Última modificação em Sexta, 31 Março 2017 00:08

Povo venezuelano realiza marcha contra tentativas desestabilizadoras da OEA

Avalie este item
(1 Voto)
País: Venezuela / Direitos nacionais e imperialismo / Fonte: Diário Liberdade

Enquanto ocorria a reunião do Conselho Permanente da Organização de Estados Americanos (OEA) para discutir a situação na Venezuela, milhares de manifestantes realizaram uma grande marcha nesta terça-feira (28) em Caracas para repudiar a intromissão do órgão nos assuntos internos do país.

A manifestação foi convocada por movimentos sociais e demonstrou o rechaço das organizações populares às ações do secretário-geral da OEA, Luis Almagro, que nas últimas semanas aumentou o tom nas ameaças contra o governo venezuelano, reunindo-se com opositores e pedindo eleições antecipadas.

A chanceler venezuelana, Delcy Rodríguez, rebateu os discursos de Almagro, afirmando que sua posição deveria ser de neutralidade, seguindo as normas da entidade que preside, ao invés de conspirar abertamente contra um governo legítimo de um país soberano.

Durante a mobilização da tarde desta terça-feira, o primeiro vice-presidente do partido governista PSUV, Diosdado Cabello, acusou os EUA de estarem por trás das ações da OEA.

“Não se pode ter dúvidas: toda essa operação contra nossa pátria, contra o povo, contra as mulheres, camponeses, crianças, é dirigida pelo imperialismo norte-americano”, denunciou Cabello. “Que ninguém tenha ilusões: o imperialismo há muito tempo suspeitou, e estava certo, de que a Revolução Bolivariana era um perigo para a permanência do império. Chávez jamais negociou com os EUA”, completou.

A reunião desta terça-feira foi convocada por 14 países membros da OEA, atendendo ao desejo de Almagro. O secretário-geral pretende aplicar a Carta Democrática do bloco contra a Venezuela, o que, se bem-sucedido, excluiria o país da organização.

Diário Liberdade é um projeto sem fins lucrativos, mas cuja atividade gera uns gastos fixos importantes em hosting, domínios, manutençom e programaçom. Com a tua ajuda, poderemos manter o projeto livre e fazê-lo crescer em conteúdos e funcionalidades.

Doaçom de valor livre:

Microdoaçom de 3 euro:

Adicionar comentário

Diário Liberdade defende a discussom política livre, aberta e fraterna entre as pessoas e as correntes que fam parte da esquerda revolucionária. Porém, nestas páginas nom tenhem cabimento o ataque às entidades ou às pessoas nem o insulto como alegados argumentos. Os comentários serám geridos e, no seu caso, eliminados, consoante esses critérios.
Aviso sobre Dados Pessoais: De conformidade com o estabelecido na Lei Orgánica 15/1999 de Proteçom de Dados de Caráter Pessoal, enviando o teu email estás conforme com a inclusom dos teus dados num arquivo da titularidade da AC Diário Liberdade. O fim desse arquivo é possibilitar a adequada gestom dos comentários. Possues os direitos de acesso, cancelamento, retificaçom e oposiçom desses dados, e podes exercé-los escrevendo para diarioliberdade@gmail.com, indicando no assunto do email "LOPD - Comentários".

Código de segurança
Atualizar

Quem somos | Info legal | Publicidade | Copyleft © 2010 Diário Liberdade.

Contacto: info [arroba] diarioliberdade.org | Telf: (+34) 717714759

Desenhado por Ritech

O Diário Liberdade utiliza cookies para o melhor funcionamento do portal.

O uso deste site implica a aceitaçom do uso das ditas cookies. Podes obter mais informaçom aqui

Aceitar