Publicidade

Diário Liberdade
Publicidade
Publicidade
Domingo, 29 Abril 2018 21:11 Última modificação em Quinta, 03 Mai 2018 21:43

Jesús Santrich, com saúde abalada, segue em greve de fome

Avalie este item
(0 votos)
País: Colômbia / Repressom e direitos humanos / Fonte: PCB

O ex-guerrilheiro e líder politico do partido FARC, Jesús Santrich, foi internado emergencialmente na clínica de Tunal de Bogotá por complicações associadas à greve de fome iniciada desde sua captura, no dia 9 de abril passado.

Santrich, que se encontra em grave estado de saúde, completava 17 dias de greve de fome em protesto à sua prisão e à ordem de extradição.

Alguns meios de comunicação afirmam que ele foi trasladado, contra sua vontade, da prisão La Picota até o hospital, pois se mantinha firme na greve de fome.

Há pouco mais de uma semana, Santrich havia enviado uma emotiva carta através da qual se despedia de seus entes queridos e pedia a seus companheiros que se mantivessem firmes na luta em defesa da igualdade para os mais necessitados.

Em 16 de abril, o procurador geral Néstor Humberto Martínez tornou legal a captura, com o propósito de promover a extradição do ex-dirigente das Farc, Jesús Santrich, uma semana depois de sua captura, por falsos nexos com grupos narcotraficantes.

De imediato, as vozes de protesto não se fizeram esperar: personalidades da política e simpatizantes deste grupo político rechaçaram a medida, argumentando que se trata de “um show midiático”, nos marcos de um processo totalmente injusto.

A poucos dias de haver sido capturado, Santrich iniciou uma greve de fome, como forma de protesto contra a ameaça de ser extraditado.

Diário Liberdade é um projeto sem fins lucrativos, mas cuja atividade gera uns gastos fixos importantes em hosting, domínios, manutençom e programaçom. Com a tua ajuda, poderemos manter o projeto livre e fazê-lo crescer em conteúdos e funcionalidades.

Doaçom de valor livre:

Microdoaçom de 3 euro:

Adicionar comentário

Diário Liberdade defende a discussom política livre, aberta e fraterna entre as pessoas e as correntes que fam parte da esquerda revolucionária. Porém, nestas páginas nom tenhem cabimento o ataque às entidades ou às pessoas nem o insulto como alegados argumentos. Os comentários serám geridos e, no seu caso, eliminados, consoante esses critérios.
Aviso sobre Dados Pessoais: De conformidade com o estabelecido na Lei Orgánica 15/1999 de Proteçom de Dados de Caráter Pessoal, enviando o teu email estás conforme com a inclusom dos teus dados num arquivo da titularidade da AC Diário Liberdade. O fim desse arquivo é possibilitar a adequada gestom dos comentários. Possues os direitos de acesso, cancelamento, retificaçom e oposiçom desses dados, e podes exercé-los escrevendo para diarioliberdade@gmail.com, indicando no assunto do email "LOPD - Comentários".

Código de segurança
Atualizar

Publicidade
Publicidade

Quem somos | Info legal | Publicidade | Copyleft © 2010 Diário Liberdade.

Contacto: info [arroba] diarioliberdade.org | Telf: (+34) 717714759

Desenhado por Ritech

O Diário Liberdade utiliza cookies para o melhor funcionamento do portal.

O uso deste site implica a aceitaçom do uso das ditas cookies. Podes obter mais informaçom aqui

Aceitar