Publicidade

Diário Liberdade
Segunda, 13 Fevereiro 2017 13:24

Trump: O gerente

Avalie este item
(0 votos)
Xurxo Martiz Crespo

Clica na imagem para ver o perfil e outros textos do autor ou autora

Se calhar, umha das mais inovadoras críticas que se figérom a Donald Trump, nestes primeiros dias de governo, é que ele nom é um político e, portanto, maneja os Estados Unidos como se fosse umha das suas empresas.


Esta «crítica» bate com a realidade imperante em todas as partes, umha espécie de economizaçom da política e de troca de administradores eficientes da cousa pública em lugar de políticos com ideias políticas.
Quantas vezes nom temos escuitado dizer, do nosso presidente galego, que ele é um «bom gestor»? Um gestor que "recebe" 1.000, gasta 800 e «guarda» 200? e assim, segundo os números dos rendimentos, corta-se aqui, investe-se acolá ou deixasse de investir.

Por volta da administraçom desses rendimentos criou-se umha «religiom» de «eficientes» dispostos a administrar o mundo (as nossas vidas) saídos de escolas de negócios» e de administraçom com nomes rimbombantes e muitas vezes ridículos, com conteúdos economicistas e de filosofias baratas agora chamadas "coaching".

Eis o resultado final desta tecnocracia sem ideias. O multimillonário que com a sua riqueza cria trabalho e riqueza agora manda no país mais rico e militarmente mais perigoso do mundo. Deu ordens para «arrumar» o interior da casa com o seu tam bem sucedido jeito e, como fai qualquer proprietário de umha empresa bem sucedida, fai e desfai como lhe peta, que para isso é o chefe e dá de comer a todo mundo.

A casca do sucesso empresarial nestes tempos «liquidos» trague estes homens idolatrados babosamente a administrar-nos a nossa casa grande, as nossas cidades e países. Todos estes modelos empresariais de sucesso», desde o Zara de Amancio Ortega, passando polos hotéis e negócios vários de Trump, nom servem como modelos de nada; som só «lojistas» à grande, incapacitados para fazerem qualquer outra cousa que nom sejam contas, e aqui temos um avanço dos Estados Unidos de Trump, que deixou de ser umha naçom grande com ideais há várias décadas para ser o que é hoje em dia: um negócio.

Diário Liberdade é um projeto sem fins lucrativos, mas cuja atividade gera uns gastos fixos importantes em hosting, domínios, manutençom e programaçom. Com a tua ajuda, poderemos manter o projeto livre e fazê-lo crescer em conteúdos e funcionalidades.

Doaçom de valor livre:

Microdoaçom de 3 euro:

Adicionar comentário

Diário Liberdade defende a discussom política livre, aberta e fraterna entre as pessoas e as correntes que fam parte da esquerda revolucionária. Porém, nestas páginas nom tenhem cabimento o ataque às entidades ou às pessoas nem o insulto como alegados argumentos. Os comentários serám geridos e, no seu caso, eliminados, consoante esses critérios.
Aviso sobre Dados Pessoais: De conformidade com o estabelecido na Lei Orgánica 15/1999 de Proteçom de Dados de Caráter Pessoal, enviando o teu email estás conforme com a inclusom dos teus dados num arquivo da titularidade da AC Diário Liberdade. O fim desse arquivo é possibilitar a adequada gestom dos comentários. Possues os direitos de acesso, cancelamento, retificaçom e oposiçom desses dados, e podes exercé-los escrevendo para diarioliberdade@gmail.com, indicando no assunto do email "LOPD - Comentários".

Código de segurança
Atualizar

Quem somos | Info legal | Publicidade | Copyleft © 2010 Diário Liberdade.

Contacto: info [arroba] diarioliberdade.org | Telf: (+34) 717714759

Desenhado por Ritech

O Diário Liberdade utiliza cookies para o melhor funcionamento do portal.

O uso deste site implica a aceitaçom do uso das ditas cookies. Podes obter mais informaçom aqui

Aceitar