Publicidade

Diário Liberdade
Domingo, 14 Julho 2019 15:22

ONU: poder supranacional?

Por María Alejandra Díaz*, Tradução de Anisio Pires

O estágio intermediário entre guerra e paz, articulado juridicamente e institucionalizado na base do Pacto Briand-Kellogg e da Sociedade de Nações, deu origem à ONU. Isto converteu a paz numa ficção jurídica, pois, na prática, impuseram sua vontade e quebraram os demais estados com meios militares e extramilitares (coação econômica). Tudo isto no marco de um direito comum global e de certo padrão constitucional comum, minando assim a soberania dos Estados-Nação

Publicado em Artigos em destaque

[Carlos Aznárez] Foram rechaçadas todas as emendas apresentadas pelos EUA, que sofreram uma esmagadora derrota na votação final.

Publicado em América Latina

O especialista independente da Organização das Nações Unidas (ONU), Alfred-Maurice de Zayas, afirmou que a Venezuela sofre um assédio e aqueles que a agridem usam o pretexto dos Direitos Humanos para derrubar o presidente Nicolás Maduro.

Publicado em América Latina

Em relatório publicado no dia 30 de agosto, o especialista independente da Organização das Nações Unidas (ONU), Alfred-Maurice de Zayas, afirmou que as medidas coercitivas unilaterais impostas pelos governos dos Estados Unidos (EUA), Canadá e a União Europeia (UE) afetaram o desenvolvimento da economia venezuelana, já que agravaram a escassez de remédios e a distribuição de alimentos.

Publicado em América Latina

O Comitê de Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas (ONU) determinou nesta sexta-feira (17) que o Estado brasileiro tome providências no sentido de garantir os direitos políticos de Luiz Inácio Lula da Silva enquanto candidato. 

Publicado em Brasil

O relatório emitido pelo Alto Comissariado dos Direitos Humanos da Organização de Nações Unidas (ONU) sobre a suposta situação na Venezuela carece de credibilidade e objetividade, destacou hoje (23) Alfred De Zayas, especialista independente do referido organismo multilateral.

Publicado em América Latina

O Conselho de Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas (ONU) aprovou a resolução proposta pelo Movimento dos Países Não Alinhados (Mnoal), presidido pela Venezuela, condenando as medidas coercitivas unilaterais impostas pelo governo dos (EUA) contra a nação, informou nesta sexta-feira o chanceler da República Bolivariana, Jorge Arreaza.

Publicado em América Latina

Em 3 de março, o Diário Liberdade publicou uma matéria em que afirmava que a Venezuela recebeu mais migrantes brasileiros do que o Brasil havia recebido venezuelanos no ano de 2017. Entretanto, como alguns leitores observaram, houve uma confusão nos dados.

Publicado em América Latina

O especialista independente da Organização das Nações Unidas (ONU) na Promoção de uma Ordem Internacional Democrática e Equitativa, Alfred de Zayas, afirmou que a Venezuela não sofre uma crise  humanitária.

Publicado em América Latina
Página 1 de 4

Quem somos | Info legal | Publicidade | Copyleft © 2010 Diário Liberdade.

Contacto: info [arroba] diarioliberdade.org | Telf: (+34) 717714759

Desenhado por Ritech

O Diário Liberdade utiliza cookies para o melhor funcionamento do portal.

O uso deste site implica a aceitaçom do uso das ditas cookies. Podes obter mais informaçom aqui

Aceitar