Publicidade

Diário Liberdade
Sexta, 08 Novembro 2019 01:02

Bisnetos de Outubro e filhos de Abril

A revolução pode ser uma maratona mas também pode ser uma prova de velocidade. Se lutarmos por ela com a certeza de que vai ser uma prova de fundo, ficará arrumada numa gaveta chamada utopia.

Publicado em Opiniom Própria

No distante 2015, no site do PCB, foi publicada uma entrevista com o saudoso Jean Salem.

Publicado em Opiniom Própria

No início dos anos 1990, na véspera de sua dissolução, a União Soviética tinha 293 milhões de habitantes, e possuía um território de 22.400.000 km, cerca de um sexto das terras emersas de todo o planeta.

Publicado em Opiniom Própria
Sábado, 12 Outubro 2019 17:34

Sobre a República Democrática Alemã (RDA)

Nos últimos dias circulou muito uma matéria (seja no Nexo ou no El País) sobre as mulheres no socialismo “gozarem mais” comparando o nível de satisfação sexual, e no quadro mais amplo os direitos das mulheres, na RDA [ República Democrática Alemã ] e na Alemanha burguesa. Nem quero falar da matéria em si.

Publicado em Opiniom Própria
Terça, 17 Setembro 2019 00:40

Brasil, um Chile silencioso

[Mário Maestri] Em janeiro de 1971, com 23 anos, cheguei ao Chile escapando da repressão militar no Rio Grande do Sul, semanas após a posse de Salvado Allende. Inscrevi-me no curso de História do Instituto Pedagógico da Universidade de Chile, um dos centros universitários mais combativos do país.

Publicado em Opiniom Própria
Domingo, 08 Setembro 2019 22:23

O paradoxo de Max Weber: Brasil, China e EUA

Max Weber, no final da Primeira Guerra Mundial, teve que fazer uma constatação incômoda: a capacidade de mobilização militar, social e ideológica da Inglaterra foi infinitamente maior do que a da Alemanha.

Publicado em Opiniom Própria

[Paulinho Tó] Quem já ouviu falar em Fausto Bordalo Dias? José Mário Branco? Sérgio Godinho? Zeca Afonso? Há alguns meses venho comentando sobre o trabalho deles com alguns amigos e, assim como eu, quase ninguém conhecia.

Publicado em Portugal
Quinta, 04 Abril 2019 12:41

1964: a infâmia, a cicatriz e o bufão

[Mauro Iasi] O Golpe de 1964 é uma cicatriz histórica marcada na carne de nosso país e na alma de nosso povo. Uma marca histórica que nos mantém viva a memória necessária para que jamais se esqueça e jamais se repita a infâmia cometida.

Publicado em Brasil
Sábado, 12 Janeiro 2019 22:52

O assassinato de Rosa Luxemburgo, cem anos depois

e a produção capitalista gera um mercado suficiente para si, a acumulação capitalista (considerada objetivamente) é um processo ilimitado. Se a produção pode sobreviver, continuar a crescer sem obstáculos, isto é, se pode desenvolver as forças produtivas ilimitadamente,(...) desmorona um dos mais fortes pilares do socialismo de Marx.(...) Mas (...) o sistema capitalista é economicamente insustentável. (...) Se, no entanto, aceitarmos com os "especialistas " o caráter econômico ilimitado da acumulação capitalista, o socialismo perde o piso granítico da necessidade histórica objetiva. Ficamos perdidos nas nebulosidades dos sistemas pré-marxistas que queriam deduzir o socialismo somente da injustiça e maldade do mundo
e da decisão revolucionária das classes trabalhadoras. [1]

Rosa Luxemburgo

Publicado em Opiniom Própria

O início do ano de 1959 corresponde a uma data muito especial para o mundo do jazz.

Publicado em Mundo

Quem somos | Info legal | Publicidade | Copyleft © 2010 Diário Liberdade.

Contacto: info [arroba] diarioliberdade.org | Telf: (+34) 717714759

Desenhado por Ritech

O Diário Liberdade utiliza cookies para o melhor funcionamento do portal.

O uso deste site implica a aceitaçom do uso das ditas cookies. Podes obter mais informaçom aqui

Aceitar