Publicidade

Diário Liberdade

Muito se fala sobre um suposto confronto no interior das Forças Armadas entre uma “esquerda” que mais precisamente poderia ser chamada de “legalista” e uma direita golpista. Os que defendem essa tese colocam o comandante do Exército, general Eduardo Villas Bôas, como um representante dessa ala “legalista” e o general Sérgio Etchgoyen como representante da ala direita.

Publicado em Brasil

[Caio Clímaco*] Em 2017 completaram-se 120 anos do fim da Guerra de Canudos. O massacre começou no dia 7 de novembro de 1896, quando a primeira expedição do Exército brasileiro foi destacada para combater os “conselheiristas” (nome dado aos seguidores de Antônio Conselheiro). No dia 5 de outubro de 1897, após 11 meses de intenso combate no sertão baiano, a guerra teve seu fim, levando à morte cerca de 20 mil conselheiristas e 5 mil soldados, além da destruição completa do arraial.

Publicado em Brasil

Desde o último dia 16, as Forças Armadas estão autorizadas, por meio de um decreto presidencial, a controlar diretamente a Segurança Pública do Estado do Rio de Janeiro, que é o segundo Estado mais importante do Brasil. Ao controlar a Segurança Pública, que engloba a Polícia Civil, a Polícia Militar e os bombeiros, as Forças Armadas detêm, desde então, o controle de todo o aparelho de repressão do Rio de Janeiro – e, consequentemente, podem determinar tudo o que deve ou não acontecer no Estado.

Publicado em Brasil

Sem mais vergonha nenhuma de suas ações abertamente golpistas e persecutórias, a Justiça Federal, em Brasília, irá agilizar ações penais contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Publicado em Brasil

Em tempos de golpe de Estado fica difícil exigir, dos que tomaram o poder, qualquer mínima obediência a leis, por mais simples que sejam. Vale para a política, em que os golpistas colocam em marcha todo o tipo de ilegalidade e arbitrariedade para passar por cima dos seus inimigos políticos, e vale também para a economia, que é violada sem maiores cerimônias quando se trata de atacar  as condições de vida do povo.

Publicado em Brasil

Evidenciando a subserviência, cada vez maior, das Forças Armadas brasileiras ao imperialismo norte-americano, depois do golpe de Estado que derrubou a presidenta Dilma Rousseff, com o apoio dos militares, bem como o aprofundamento dos planos dos chefes militares de aplicarem um golpe dentro do golpe, com uma intervenção militar diante do fracasso do governo Temer, oficiais do Centro de Estudos Estratégicos do Exército Brasileiro (CEEEx) e do Strategic Studies Institute (SSI/USWAC), do Exército dos EUA, estiveram reunidos em Brasília, entre os dias 12 e 14 de dezembro passados, conforme informaram sites das áreas de segurança e apologistas do golpe militar.

Publicado em Brasil

As quatro matérias mais visitadas no Brasil em 2017 pelas leitoras e leitores do Diário Liberdade foram as seguintes:

Publicado em Brasil
Domingo, 24 Dezembro 2017 16:29

PCO denuncia preparação de golpe militar

Cada movimentação das Forças Armadas deve ser encarada como uma preparação para a intervenção militar, que é cada vez mais uma possibilidade dado o nível de crise do regime golpista. Os generais repetem que se houver “caos” eles irão intervir, como foi o caso do General Hamilton Mourão que defendeu a intervenção publicamente em duas ocasiões.

Publicado em Brasil

[El Clarín, Chile] Num discurso feito em julho deste ano, no qual felicitava a si mesmo, o subprocurador geral estadunidense Kenneth A. Blanco, que dirigia a Divisão Penal do Departamento de Justiça (porque logo o Secretário do Tesouro, Steve Mnuchin, o escolheu para encabeçar a Direção de Investigação sobre Delitos Financeiros), se referiu ao veredito condenatório ditado contra o ex-presidente do Brasil, Lula da Silva, como o principal exemplo dos “resultados extraordinários” alcançados graças à colaboração do Departamento de Justiça (DOJ, por sua sigla em inglês) com os promotores brasileiros na operação “anti corrupção” chamada Lava Jato.

Publicado em Brasil

Quem somos | Info legal | Publicidade | Copyleft © 2010 Diário Liberdade.

Contacto: info [arroba] diarioliberdade.org | Telf: (+34) 717714759

Desenhado por Ritech

O Diário Liberdade utiliza cookies para o melhor funcionamento do portal.

O uso deste site implica a aceitaçom do uso das ditas cookies. Podes obter mais informaçom aqui

Aceitar