Publicidade

Diário Liberdade

A direção golpista da Petrobrás divulgou oficialmente, nessa segunda-feira (25), que fechou um “acordo” com especuladores norte-americanos que detém ações e títulos da empresa brasileira a pretexto de por fim a uma ação coletiva contra a empresa. Pelo acordo, aprovado pela Corte Federal em Nova Iorque, entretanto, a própria Petrobras reconhece que a ação coletiva (Class Action), nos Estados Unidos, não estaria encerrada, uma vez que o suposto “acordo” é passível de contestação junto à Corte de Apelações.

Publicado em Brasil
Quinta, 14 Junho 2018 04:00

Brasil entrega riquezas do pré-sal

[Elaine Tavares] A Petrobras é uma empresa que nasceu nos anos 50 justamente para garantir que o monopólio do petróleo ficasse sob o controle do estado brasileiro. Naqueles dias de 1953 o país viveu uma poderosa campanha tanto do lado de quem queria entregar o petróleo brasileiro para as empresas estadunidenses, quanto para os que se somavam ao grito de “o petróleo é nosso”. Ao final, venceu a ideia nacionalista de manter esse produto estratégico sob o controle do estado. E isso só começou a mudar em 1997 sob o governo de Fernando Henrique Cardoso. A partir daí a empresa foi privatizando e hoje tem o seu capital aberto, ainda que o estado mantenha a maioria das ações. 

Publicado em Brasil

A greve dos caminhoneiros chamou a atenção para o custo dos combustíveis derivados de petróleo no Brasil, situação que o consumidor já vinha sentindo cotidianamente. A alta dos combustíveis está diretamente associada à política de preços instituída em 2016 pela nova gestão da Petrobras, que tinha o Sr. Pedro Parente à frente. Com a medida, a estatal abriu mão de controlar diretamente o preço, evitando variações inflacionárias, para determiná-lo de acordo com o preço do mercado internacional.

Publicado em Brasil

O Brasil amanheceu nesta quarta-feira (30) com as refinarias, plataformas e terminais da Petrobras paralisados devido à greve de ao menos 72 horas decretada pela Federação Única dos Petroleiros (FUP).

Publicado em Brasil

Apesar da enorme campanha da imprensa golpista pelo fim da greve dos caminhoneiros, a mobilização continua, com milhares de governo se opondo às manobras do governo Temer de encenar que atendeu a todas as reivindicações da categoria, quando isso nem de longe reflete a realidade.

Publicado em Brasil

[Antônio Carlos Silva] O decreto de intervenção das Forças Armadas contra a greve dos caminhoneiros na tarde da última sexta-feira, dia 25, evidenciou ainda mais o verdadeiro caos que o regime golpista vem impondo ao País, mas fracassou.

Publicado em Brasil

[Leandro Lanfredi] Temer colocou as Forças Armadas para desbloquear estradas e refinarias em todo país, dando um salto autoritário na maneira de resolver a crise dos combustíveis que está desabastecendo todas cidades. Os combustíveis mais usados pela população e não pelas empresas de transporte seguirão caríssimos, o acordo não toca nada no preço abusivo da gasolina e gás de cozinha. Sua resposta autoritária tenta impor um ponto final na situação e terminar a crise com o acordo que ele firmou ontem com lideranças patronais e sindicais dos caminhoneiros.

Publicado em Brasil

A CUT apoia a paralisação nacional dos caminhoneiros, que estão realizando um movimento legítimo e justo pela redução dos preços do óleo diesel, e exige que o governo mude sua política de preços dos combustíveis que tem provocado aumentos abusivos também no gás de cozinha e na gasolina.

Publicado em Brasil

O PCB vem a público manifestar sua solidariedade à greve dos caminhoneiros. Diferentemente das manifestações em 2015, hegemonizadas por interesses patronais, as reivindicações dos caminhoneiros são justas e em sintonia com os interesses da classe trabalhadora. Embora existam interesses patronais e midiáticos que tentam se aproveitar do movimento através de pautas para diminuir seus custos como a retirada do PIS Cofins, um importante imposto que financia a seguridade social, no essencial a pauta dos caminhoneiros se baseia no protesto contra a alta dos preços que atinge diretamente a população como um todo.

Publicado em Brasil

[João Jorge Pimenta] Muitos dos mais corajosos militantes da luta contra o golpe saíram em público denunciando a greve dos caminhoneiros como um lockout, ou uma provocação para um golpe, denunciando-os como elementos de extrema-direita e relembrando o papel desprezível que eles fizeram no golpe contra Dilma.

Publicado em Brasil
Página 1 de 2

Quem somos | Info legal | Publicidade | Copyleft © 2010 Diário Liberdade.

Contacto: info [arroba] diarioliberdade.org | Telf: (+34) 717714759

Desenhado por Ritech

O Diário Liberdade utiliza cookies para o melhor funcionamento do portal.

O uso deste site implica a aceitaçom do uso das ditas cookies. Podes obter mais informaçom aqui

Aceitar